Buscar

Conheça alguns Sintomas Iniciais da Catarata

O que é?

A catarata é a opacidade parcial ou total de uma lente natural que temos dentro do olho, chamada de cristalino. É a maior causa de cegueira tratável nos países em desenvolvimento. Segundo a Organização Mundial de Saúde, há 45 milhões de cegos no mundo, dos quais 40% são devidos à catarata. Podemos classificar as cataratas em: congênitas, de aparecimento precoce ou tardio, e adquiridas, onde incluímos todas as demais formas de catarata inclusive a relacionada à idade.


Fatores de Risco

As causas não estão bem definidas, porém estudos epidemiológicos revelam associação de catarata à idade, principalmente após os 60 anos. Inúmeros fatores de risco podem provocar ou acelerar o aparecimento de catarata, incluindo medicamentos (esteróides), substâncias tóxicas (nicotina), doenças metabólicas (diabetes mellitus, galactosemia, hipocalcemia, hipertiroidismo, doenças renais), trauma, radiações (UV, Raio X, e outras), doença ocular (alta miopia, uveíte, pseudoexfoliação), cirurgia intra-ocular prévia (fístula antiglaucomatosa, vitrectomia posterior), infecção durante a gravidez (toxoplasmose, rubéola), fatores nutricionais (desnutrição).


Sinais e Sintomas

A catarata pode ser observada na pupila – ou “menina dos olhos” –, que se torna esbranquiçada. As queixas mais frequentes são: diminuição da acuidade visual, sensação de visão “nublada ou enevoada”, sensibilidade maior à luz, alteração da visão de cores, halos ao redor de lâmpadas, visão distorcida e muitas vezes diplopia (visão dupla) ao focalizar objetos distantes. É muito comum, no paciente com catarata, mudanças constantes no grau dos óculos, visto que a catarata causa um aumento da miopia e uma diminuição da hipermetropia. Com isso, muitos pacientes passam a ler de perto sem óculos, com o início da catarata.


Tratamento

O único tratamento curativo da catarata é o cirúrgico e consiste em substituir o cristalino opaco por prótese denominada de lente intraocular (LIO). Toda vez que a qualidade de vida do portador de catarata esteja comprometida, ou seja, que existam limitações nas atividades que realiza habitualmente, a cirurgia está indicada. A evolução da catarata geralmente é bilateral com certa assimetria, daí a importância da realização da cirurgia do segundo olho para recuperação integral do sistema visual.

A moderna cirurgia da catarata com a implantação de lentes intraoculares, através de minúsculas incisões, representa um dos mais importantes avanços da medicina, por permitir tratar com grande eficiência a principal causa de cegueira, recuperando de forma segura e rápida o mais importante sentido do ser humano, a visão. Vale dizer que se trata de um dos procedimentos mais seguros da área médica.

Assim, caso note alguma alteração ocular, procure um especialista. A cirurgia de catarata é rápida, indolor e promove uma melhora significativa da visão. Lembrando que, através de parcerias a Oftalmomed promove cirurgias de Catarata, Calázio e Pterígio, bem como plásticas oculares.

Por fim, a Oftalmologista Dra. Dafila Gabriela Varjão explica que, de forma preventiva, a educação pública tem papel relevante a fim de prevenir os fatores de risco modificáveis, que estão ligados a hábitos de vida, como exposição solar, hábitos alimentares, tabagismo, controle de comorbidades, como o diabetes mellitus.


199 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo